Skip to content

Dia: 4 de dezembro de 2018

7 coisas que você deve saber sobre o câncer de mama

Segundo a Associação Espanhola Contra o Câncer, a incidência do câncer de mama aumenta lentamente, ano após ano, em todo o mundo, a razão entre o 1 e o 2%. A razão para este aumento é desconhecido, mas hoje estima-se que 1 em cada 8 mulheres desenvolve o câncer. Em Portugal são diagnosticados cerca de 26.000 casos anuais, fundamentalmente diagnosticados, por idades, entre os 35 e os 80 anos, com o máximo entre os 45 e os 65 anos. É o câncer mais frequente entre as mulheres.

Mulher explorándose das mamas

Deve-Se controlar qualquer mudança em uma ou ambas as mamas


A sobrevivência em Portugal (em cinco anos) é das mais altas do mundo e está acima da média europeia, com um 82,8%. E também deve-se mencionar que esta sobrevivência aumenta 1,4% ano após ano. Estas são inspiradas números se devem a dois fatores, principalmente: os constantes avanços nos tratamentos e os programas de rastreio (ou seja, de prevenção).


Falamos com a nossa colaboradora Dra Helena Zaldívar sobre o que deveria saber sobre esta doença.


1. O câncer de mama não é uma única doença


Existem vários tipos de câncer de mama, na verdade, que aparecem em diferentes partes do peito. A doença é diferente de uma mulher para outra, pode ser diagnosticada em diferentes fases e crescer com rapidez variável.


Alguns cancros são mais agressivos do que outros. “O tratamento do câncer é ‘à medida’, que é diferente para cada mulher, e instaura-se em função de muitos fatores. Daí que um tratamento ou de um medicamento apropriados para uma mulher pode não ser para outra”, diz Elena.


2. Muito poucos casos de cancro de mama são hereditários


“Só vai ter câncer se algum familiar tenha sofrido antes”: Esta é uma das crenças mais difundidas. Na realidade, muito poucos casos são hereditários. “Muitos acreditam que o câncer de mama é genético, mas isso é falso. Apenas cerca de 5% dos casos são causados por herança de um gene alterado. O que acontece é que este câncer é muito comum”, explica.


Se você se preocupa com seu próprio risco devido à herança genética ao câncer de mama, fale com o seu médico de família.


Não há que entrar em pior quando se descobre um caroço no peito…


3. São muito importantes, o aspecto e as “sensações” das mamas


“Todas as mulheres devem conhecer bem as mamas”, diz a Dra Zaldívar. “Trata-Se de saber detectar qualquer alteração. Examínese quando estiver mais confortável, seja no duche ou no banho ou na cama”.


O Que se deve controlar? Pois o que se segue:

Mulher com o laço do câncer no peito

A grande maioria dos nódulos são benignos



  • Qualquer mudança no tamanho ou a forma de uma ou das duas mamas.

  • Um pacote, ou qualquer área com o tecido anormalmente grosso.

  • Uma dor na axila ou em uma mama que não remete. Uma dor deve ser muito raramente a um câncer, mas se persistir, vá ao médico.

  • Qualquer mudança na textura da pele, como rugas ou covinhas.

  • Manchas ou erupções cutâneas, principalmente ao redor do mamilo.

  • Qualquer inchaço na axila ou na região da clavícula.

  • Qualquer secreção por um dos mamilos.

Conhecer bem o visual e as sensações de mama será de grande ajuda para encontrar as possíveis mudanças futuras. “É importante a exploração da axila, a clavícula e as laterais do peito”, explica Helena. Qualquer alteração deve ser examinado por um especialista.


O ignorá-los não vai fazer com que eles desapareçam!


4. Um volume não sempre é câncer


Um inchaço no peito é o mais revelador e conhecido sintoma do câncer. Mas “apenas um em cada dez é maligno; os outros são benignos ou não cancerosos”, de acordo com Elena.


“A maioria deles não vai ser cancros. Devem-Se a este ou a outros problemas, como tumores de caráter benigno; mas, é claro, qualquer caroço deve-se examiná-la o médico o quanto antes”.


5. Os programas de rastreio salvam vidas


Isto, já o dissemos na introdução. Todas as mulheres de mais de 40 anos de idade devem seguir rigorosamente os programas de rastreio, conforme estabelecem as autoridades sanitárias, com mamografias e exames regulares. Não é fácil estimar o número de vidas salvas graças a esses programas, mas são considerados um fator-chave para a boa sobrevivência deste cancro em Portugal.


Infelizmente, os programas oficiais de rastreio terminam, hoje por hoje, aos 64 anos (embora algumas Comunidades Autónomas estão ampliando até os 69). “Mas recomendamos que as mulheres de idades superiores os sigam. Estão em uma idade em que ainda há grande prevalência da doença”, diz Elena.


6. O estilo de vida importa


Um estilo de vida saudável pode realmente ajudar a reduzir o risco de câncer de mama. Um recente estudo mostrou que uma dieta saudável, um pouco de exercício, limitar o consumo de álcool e manter um peso saudável, tudo isso combinado, reduz o risco.


“Não é fácil garantir, porque na verdade não sabemos o que causa o câncer de mama”, diz Elena. “Mas há uma evidência clara de que ser magra e fazer mais exercício físico diminui o risco de câncer. Também existe evidência, embora menor, de que mesmo pequenas quantidades de álcool, o que aumenta, ainda não sabemos em que medida”.


Com tudo, os riscos mais significativos são: satisfazer anos e… ser mulher.


7. Também os homens podem tê-lo


Sim, muita gente não sabe, mas este tipo de câncer também se dá nos homens. “Eles, como nós, também têm tecido mamário, embora em menor quantidade. Em Portugal, apenas cerca de 1% dos cânceres de mama são apresentados em homens. Não deixam de ser casos muito raros, mas o câncer de mama no hombreexiste”, conclui.


Apenas um em cada cem casos ocorre em homens. Mas acontece.

Leave a Comment

o que é, o que a causa e quais são suas soluções

Popularmente conhecida como impotência sexual, um nome com um feio matiz depreciativo, a disfunção erétil é um problema que de forma esporádica sofrem de praticamente todos os homens alguma vez em sua vida. Pode ter diversas causas, como o estresse, e, por sua vez, ser sintoma de outros problemas de saúde. Por isso, se torna um problema recorrente, o melhor é perder a vergonha e ir a um especialista que faça um diagnóstico completo.


Antes de chegar a dar esse passo, há algumas coisas sobre a disfunção eréctil que convém saber.


Que é exatamente a disfunção erétil


Quando um homem sente excitação sexual, o cérebro envia um sinal ao nervo do pênis, ativa a circulação sanguínea para o tecido cavernoso que se encontra nesse órgão. Isso é uma espécie de esponja que ao encher-se de sangue se expande e endurece.


Por diversos motivos, às vezes isso não acontece com normalidade: ou o nervo não consegue ativar a circulação sanguínea para conseguir a ereção, ou bem que esta ocorre, mas não é possível mantê-la o tempo suficiente para levar a cabo o ato sexual completo.


O que causa a disfunção erétil


Como quase qualquer resposta nervosa, as causas que podem ter disfunção erétil são várias e nem sempre óbvias. Podem ter origem física ou psicológica.


Para tentar determinar qual deles é o mais provável, é conveniente observar a natureza da disfunção: se se trata de algo ocasional , mas não acontece sempre (por exemplo, se se produz uma ereção ao levantar-se pela manhã, mas não se consegue praticar sexo) costuma ter uma causa psicológica; se não se obtém uma ereção em nenhum momento, o mais provável é uma origem física.


Causas físicas


1. Feridas e cirurgias


Algumas lesões, ferimentos e operações cirúrgicas que afetam o pau podem causar disfunção erétil, normalmente de forma temporária, até que se curam. Calcula-Se, além disso, que entre 15% e 25% das pessoas que sofre lesões graves na cabeça sofre de disfunção erétil como efeito colateral.


2. Problemas vasculares


Em alguns casos, o problema está no fluxo sanguíneo que deve chegar até o pênis. Dentro das patologias que podem afetar neste aspecto, estão as doenças cardiovasculares, como a arteriosclerose, hipertensão ou diabetes.


3. Doenças neurológicas


Uma vez que uma ereção está envolvido o sistema nervoso, as doenças que afetam podem causar esse problema. Entre elas se inclui a esclerose múltipla, doença de parkinson, lesões medulares ou derrames cerebrais.


4. Desordens hormonais


Os hormônios são substâncias químicas que regulam a resposta de nosso organismo em diferentes aspectos e situações. Desequilíbrios hormonais podem ter impacto tanto na capacidade de obter uma erecção. Um deles é o hipogonadismo, o que não ocorre suficiente testosterona, o hormônio sexual masculino. Tanto o hipotiroidimo como o hipertireoidismo, que afetam o funcionamento da tireóide, também podem ter esse efeito.


5. Alguns medicamentos


Em alguns homens, alguns medicamentos podem afectar a capacidade de obter uma erecção. Alguns medicamentos que podem causar disfunção erétil como efeito colateral são os diuréticos, que são usados para controlar a hipertensão, os antipsicóticos, os antidepressivos, os conticoesteroides, os anticoagulantes, e alguns mais. Se você acha que algum medicamento pode estar afectándote neste aspecto, consulte o seu médico ou farmacêutico. Não deixe de tomar uma medicação por sua conta.


Causas psicológicas


Em muitos casos, a disfunção erétil é causada por motivos psicológicos, especialmente três: o stress, a depressão e a ansiedade.


Em muitos casos, a disfunção erétil é a manifestação física de um problema ou preocupação relacionada com o próprio momento de manter relações sexuais: os nervos, a desconfiança, problemas na relação de casal, más experiências no passado, ter sofrido abusos ou algum tipo de trauma…


Outras vezes, a causa é uma combinação de motivos físicos e psicológicos: um problema físico dificulta a ereção e a ansiedade que isso gera acaba causando um problema maior.


Soluções para a disfunção erétil


Existem diversas soluções para a disfunção eréctil, de acordo com a sua causa. A primeira recomendação é sempre recorrer a um especialista que não só pode recomendar o melhor tratamento, mas sim que, além disso, pode-se fazer um exame exaustivo para determinar se a disfunção é a síndrome de um problema muito maior, por exemplo, um problema circulatório cardiovascular.


1. Tratar as causas subjacentes


Nos casos em que a disfunção seja causada por problemas cardiovasculares, lesões ou outros problemas de saúde, o tratamento dessa causa pode ser a solução para a disfunção. Por isso é importante consultar um médico.


Por outro lado, se a causa é uma medicação que esteja a tomar, consulte o seu médico porque pode haver outros medicamentos que cumpram a mesma função e não te causem esse problema. Nunca faças uma troca de medicamentos ou deixe de tomá-lo sem consultar um especialista.


2. Mudanças no estilo de vida


Perder peso , se você tem excesso de peso ou obesidade, deixar de fumar, reduzir o consumo do álcool ou fazer exercício com regularidade são algumas mudanças em seu estilo de vida que podem resultar na redução da disfunção erétil.


Outra muito importante é reduzir o estresse, encontrar o modo de se desligar dos problemas do cotidiano e aprender a relaxar. O estresse é a principal causa da disfunção erétil esporádica.


3. Bomba de vácuo


Uma bomba de vácuo é um tubo de plástico transparente. Por um lado, introduz-se o pênis, e na outra coloca-se uma bomba de ar que retira o ar do tubo, criando um vácuo, isso faz com que o sangue flua para o pênis, criando uma ereção. Em seguida, é colocado uma borracha na base do pênis para reter o sangue por mais tempo.


Este sistema pode ser um pouco complexo de usar, além de pouco discreto, razão pela qual muitos homens que preferem não usá-lo. No entanto, é acessível, não tem efeitos secundários se utilizado adequadamente, pode gerar erecções de cerca de 30 minutos.


4. Inibidores da fosfodiesterase-5 (viagra)


O viagra é o medicamento mais famoso do mundo contra a disfunção erétil. Esse é o seu nome comercial, mas seu princípio ativo é mais conhecido como sidenafil.


O sidenafil ou citrato de sidenafilo é um tipo de inibidor da fosfodiesterase, uma enzima que ajuda a diminuir as erecciónes. Ao inibir a sua produção, as ereções se mantêm mais tempo. Isto quer dizer que o medicamento não produz ereções como tal, mas que estes são gerados de maneira natural e o medicamento actua prolongándolas mais tempo.


O uso destes medicamentos pode gerar efeitos secundários se combinado com outros tratamentos, ou se o que as leva tem determinados problemas de saúde anteriores, sobretudo relacionados com o sistema cardiovascular. Por isso nunca devem ser tomados sem prescrição médica e sem controle médico.


5. Aprostadil


Outro tratamento para a disfunção erétil está baseado no aprostadil, um hormônio sintético que estimula o fluxo de sangue para o pênis. Pode ser aplicado tanto em forma de injeção como colocando-se uma pequena aplicação na uretra.


Neste caso, sim é o medicamento, o que gera a ereção, que costuma ocorrer cerca de 15 minutos após a aplicação e cuja duração depende da dose.


6. Tratamento hormonal


Se a causa da ereção é um desajuste hormonal, é possível que você seja aquele que lhe foi prescrito alguma terapia desse tipo. Em muitos casos, se recetarán uma terapia hormonal de contracepção até que os níveis normais se restabeleçam em seu corpo.


7. Cirurgia


Em casos específicos, como, por exemplo, homens jovens que tenham sofrido danos graves na zona pélvica devido a um acidente, ou em casos de câncer de pele graves, o médico pode considerar a possibilidade de submeter o paciente a uma cirurgia para colocar um implante semirígido ou um inflável, dependendo do caso.


8. Tratamento psicológico


Posto que muitas vezes a disfunção tem uma causa psicológica, muitas vezes essa é precisamente a forma de resolver o problema: terapia para controlar a ansiedade e superar as más experiências passadas, solucionar problemas de casal subjacentes que impedem uma vida sexual satisfatória… O melhor é ir a um especialista que possa recomendar a melhor estratégia.


Autorrecetarse com a ajuda da internet


Ainda existe um grande tabu que os homens são mais relutantes em discutir abertamente seus problemas de ereção com o seu parceiro, com conhecidos ou com um médico. Isso faz com que seja comum encontrar informações (e soluções) amparando-se no anonimato da internet. Talvez seja exatamente assim como você terminou de ler este artigo.


Não há risco em busca de informações, mas nunca é aconselhável comprar os medicamentos ou outros remédios sem controle médico através da internet. Para começar, porque você não tem garantias de que esteja recebendo o que você acha. Para continuar porque, mesmo que assim fosse, os medicamentos para a disfunção podem causar efeitos colaterais graves e perigosos, e não haverá ninguém controlándolos.


 

Leave a Comment

Gel Hot Grow – Fórmula, Composição → (Comprar)

Eu entendo sinceramente a situação que você está passando agora na sua vida. Muitas mulheres não entendem, mas, a falta de potência atinge diretamente a virilidade do homem, e isso, é um problema que precisa ser resolvido. Pensando em homens como você que o Gel Hot Grow foi desenvolvido.


https://www.saudedoshomens.net/wp-content/uploads/2018/04/hotgrow.png


Minha História Antes do Gel Hot Grow


Meu nome é César, tenho 35 anos, eu acredito que meu problema começou a ser originado devido a todo o estresse que eu enfrentava no meu trabalho. Até porque, eu imagino que você já deve ter ouvido falar o quanto pode ser estressante trabalhar em um banco, sendo responsável pelo dinheiro de outras pessoas.


Devido a todas as preocupações, eu tinha uma dificuldade muito grande de segurar uma ereção satisfatória a ponto de conseguir ter uma relação sexual que agradasse a mim e a parceira que estivesse comigo, sinceramente, isso raramente acontecia.


Depois de tanto tempo frustrado, com a cabeça cheia, por conta do trabalho excessivo no banco, eu resolvi buscar na internet algum produto que pudesse me ajudar a recuperar a força que a minha ereção tinha no passado.


Foi durante as minhas pesquisas que eu encontrei o Gel Hot Grow, se tratava de um produto que continha as melhores avaliações. E ainda por cima, o Gel Hot Grow ingredientes eram de fato naturais e não apresentavam nenhum risco para a saúde.


Por ser divulgado por uma plataforma de credibilidade e devido a presença de garantia de reembolso, eu resolvi fazer o teste e fiquei realmente surpreso com os resultados que o produto trouxe para a minha vida.


As mulheres enlouqueceram de vez depois que eu passei a usar esse maravilhoso gel. Não perde tempo amigo, o fabricante garante os resultados ou você pode pedir seu dinheiro de volta!


 


Gel Hot Grow


O segredo do Gel Hot Grow é a fórmula, todos as substâncias são conhecidas como grandes afrodisíacos naturais capazes de mudar a vida de qualquer homem para melhor.


https://saudedoshomens.net/wp-content/uploads/2018/04/gel-hot-grow-como-funciona-mesmo.jpg


Abaixo uma pequena lista contendo os ingredientes que você encontrará na Gel Hot Grow:


Maca Peruana: Se você já tem experiência com esse tipo de produto sabe que a maca peruana é um afrodisíaco natural mais poderoso da terra, ela é encontrada principalmente na Cordilheira dos Andes, um forte estimulante sexual tanto em homens quanto em mulheres.


Paullínea Cupana: Altamente afrodisíaca, possui cafeína que ajuda na disposição masculina e na retardação do envelhecimento.


Euterpe Oleracea: Conhecido pelas pessoas, como açaí é um poderoso gerador de energia natural na hora do sexo.


Como Usar Gel Hot Grow?


Para aplicar o Gel é muito simples! Basta que você coloque nas suas mãos a quantidade correta do produto que estará sendo indicada na embalagem, após isso, você deve massagear o pênis na intenção de estimular a corrente sanguínea.


Pouco tempo após a aplicação, é possível sentir que a vasodilatação do pênis irá melhorar bastante fazendo com que você tenha condições de ter uma relação sexual muito satisfatória.


Inclusive, é possível que você consiga utilizar o produto como sendo uma excelente preliminar sexual, caso você tenha uma parceira, pode pedir para que ela aplique o produto em você através de uma “massagem” pouco tempo antes de iniciarem o sexo de fato.


Com toda certeza, a participação da sua parceira irá contribuir bastante não só para o processo bioquímico do seu corpo funcionar da forma devida, como também para que o seu psicológico fique mais relaxado com a situação complicada que você está enfrentando no momento.


Gel Hot Grow Funciona de Verdade


O Gel Hot Grow foi desenvolvido na intenção de fazer com que fosse possível você homem que se encontra com dificuldade para manter uma ereção saudável pudesse resolver esse problema da melhor forma possível.


Logo na primeira aplicação, você já ira sentir uma diferença muito grande! O Gel estimula a vasodilatação do pênis fazendo com que ele tenha muito mais nutrientes entram no túnel cavernoso através dos vasos que vão estar de fato maiores.


Satisfação Garantida ou Seu Dinheiro de Volta!


QUERO TER MINHA VIDA SEXUAL DE VOLTA!


Vale a pena Comprar o Gel Hot Grow


Levando em consideração a classificação do produto na internet e o fato de que ele tem ingredientes que são comprovados cientificamente, com certeza vale!


Tudo o que o produto promete para o consumidor ele realmente é capaz de cumprir.


https://saudedoshomens.net/wp-content/uploads/2018/04/gel-hot-grow-produto-255x300.jpg


Desde que a aplicação seja feita por um tempo considerável e que o usuário não tenha nenhum tipo de alergia a qualquer um dos ingredientes que se encontram no produto, não tem com o que se preocupar! Pode comprar sem medo.


Satisfação Garantida ou Seu Dinheiro de Volta!
EXPERIMENTAR AGORA!


Gel Hot Grow no Reclame Aqui


A taxa de reclamações do Gel Hot Grow Reclame Aqui é realmente muito baixa, mostrando para todos os clientes que duvidam da sua eficácia o quanto o consumidor fica satisfeito após comprar Gel Hot Grow composição.


Inclusive, essa taxa baixa de reclamação pode ser atribuída ao fato de que o produto trabalha com produtos que são de origem natural. Ou seja, não oferecem nenhum risco para saúde ou qualquer tipo de efeito colateral que possa prejudicar a vida do consumidor.


Gel Hot Grow Depoimentos


Os depoimentos Gel Hot Grow mostram resultados que me motivaram a comprar e vão motivar a você também. Foi incrível poder conferir de perto histórias e relatos de pessoas que tiveram suas vidas transformadas.


 


Preço Gel Hot Grow


No site oficial do fabricante, site esse que eu deixarei aqui para vocês, será possível encontrar facilmente todas as promoções e preços que vivem aparecendo dependendo da época do ano. Vale a pena dar uma olhada!


https://dietanota10.com.br/wp-content/uploads/2018/06/preco-gel-hot-grow.png


Quanto ao valor do produto, existem algumas promoções padrões disponíveis que eu vou estar listando abaixo para facilitar o trabalho de vocês.


PAGUE 1 E LEVE +1 GRÁTIS: Esse kit, oferta apenas uma unidade de Gel Hot Grow preço sai por parcelas de R$ 17,90 e você ainda leva 1 unidade GRÁTIS e tem mais, a oferta tem 20% de desconto se a opção for à vista;


GARANTIR MEUS 20% DE DESCONTO!


PAGUE 2 E LEVE +2 GRÁTIS: Ao Gel Hot Grow comprar esse kit, você leva 2 potes quem saem por parcelas de R$ 27,90 ou com 52% de desconto à vista e ainda ganha 2 unidades GRÁTIS;


GARANTIR MEUS 52% DE DESCONTO!


PAGUE 3 E LEVE +3 GRÁTIS: Essa oferta, geralmente é a mais pedida pelos clientes, ao 3 Gel Hot Grow comprar, você além de ganhar mais 3 unidades GRÁTIS, as parcelas ficam por somente R$ 37,90 com 65% de desconto à vista.


GARANTIR MEUS 65% DE DESCONTO!


Gel Hot Grow Comprar


O produto não é encontrado em farmácias ou sites de distribuição de produto como o Mercado Livre por exemplo, o Gel Hot Grow comprar só pode ser encontrado no site oficial do fabricante.


O motivo para isso é que a equipe por trás do desenvolvimento do produto está interessada em fazer com que o controle de qualidade seja feito da melhor forma possível, portanto, o jeito era ficar por trás de todo o processo de distribuição.


Passo 01. Acesse o site oficial do Gel Hot Grow:


Passo 02. Assim que a página carregar, desça até visualizar as ofertas. Clique na quantidade de potes desejada e clique em comprar.


Passo 03. Agora será necessário realizar o pagamento. Depois de efetuar o pagamento, a empresa entrará em contato com o prazo de entrega e o código de rastreio. Esse código poderá ser utilizado no site dos Correios para saber onde o seu produto está localizado.


O Gel Hot Grow tem Garantia!


O Gel Hot Grow oferece uma garantia de até 30 dias para o consumidor que funciona da seguinte forma: caso você não goste do produto que comprou, você tem 30 dias para poder


Mude de vida! Volte a ter a virilidade que você tinha quando era mais jovem. Sinta-se muito mais confiante na cama, podendo satisfazer sua parceira que esteja disposta a aproveitar uma noite inesquecível com você.


Com o Gel Hot Grow, a sua potência na cama é algo garantido! Venha agora mesmo conhecer o site oficial do fabricante e garanta já o seu Gel Hot Grow.


SIM! EU QUERO SER POTENTE!


 

Leave a Comment