É relativamente comum ouvir sobre as interações entre vários medicamentos. De fato, se lermos as bulas de medicamentos, encontraremos uma interminável lista de possíveis interações que teriam de ter em conta antes de começar o tratamento.
Contudo, nós não somos conscientes dos possíveis efeitos indesejáveis que podemos ter quando combinamos certos alimentos e medicamentos.
Então, hoje, a propósito do meu post será informar-se sobre os alimentos que você deve ter especial cuidado se está a tomar alguns dos medicamentos que lhe mostrarei mais tarde.


Quais os alimentos que dificultam a absorção de um medicamento?


Proteínas: Mas são necessárias para diversas funções de nosso corpo, as pessoas com Parkinson devem consumi-las com moderação, pois interferem na absorção de levodopa (L-dopa). Recomenda-Se nestes casos, o consumo de proteínas para a hora de jantar.
Lipídios (gorduras): Além de elevar seu colesterol nas nuvens, diminuem a eficácia dos anticoagulantes orais e dos medicamentos que são utilizados no tratamientodel HIV (zidovudina, indinavir e didanosina). Uma solução seria o consumo destes medicamentos em jejum. Também recomenda-se uma dieta pobre em gorduras.
Lácteos: leite reduz a absorção de certos antibióticos (tetraciclina, penicilinas orais), e a absorção de suplementos de ferro. Então, se você gosta de leite, deixe passar pelo menos duas horas entre o consumo de um e de outro.
Vitamina K A vitamina K, presente em muitos vegetais de folha verde e no fígado, é um procoagulante natural, assim, que interage com os anticoagulantes orais.


Quais os alimentos que bloqueiam a ação de um medicamento?


Chá: os taninos do chá impedem a absorção dos suplementos de ferro. Assim que se você tem anemia, cuidado com o chá que você é!
Soja: cuidado com a consumir soja se tomar tamoxifeno, medicamento usado para a prevenção do câncer de mama. Anula a sua ação!
Alcaçuz: Anula a ação de alguns anti-hipertensivos, diuréticos e beta-bloqueadores (atenolol, propanolol, labetalol,…etc.)
Quais os alimentos que potencializam a ação de um medicamento?
Alho:potencializa a ação dos anticoagulantes orais, aumentando o risco de sangramento.
Suco de laranja:neste caso, não é um efeito nocivo, mas benéfico. Aumenta a absorção dos suplementos de ferro, se os levarmos juntos.


Quais os alimentos que provocam um efeito nocivo ao coincidir com certos medicamentos?


Suco de grapefruit:Produz reações de toxicidade ao misturar-se com alguns anti-hipertensivos, anti-histamínicos, medicamentos para diminuir os níveis de colesterol, e alguns medicamentos utilizados em pacientes com transplantes de órgãos.
Soja: Produz toxicidade ao misturar-se com o haloperidol (antipsicótico) e a varfarina (anticoagulante oral).
Tiramina: Esta monoamina que está presente de forma natural em alguns queijos curados, carnes fumadas, vinho tinto, chocolate, alimentos enlatados ou em conserva…etc, reage com os antidepressivos inibidores da monoamina oxidase (IMAO), podendo causar sérios problemas, tais como; crises hipertensivas, dores de cabeça intensas, taquicardia, taquicardia, etc…


Quais os alimentos que devo tomar em jejum e quais acompanhados de comida?


Enquanto que o sucralfato (construção civil), acetazolamida (diurético) captopril (anti-hipertensivo), betanecol (colinérgico) e o ferro, recomenda-se tomá-los em jejum, outros medicamentos como os anti-inflamatórios não esteróides (analgésicos) ou antibióticos (ATB) é recomendado que ingerimos a partir acompanhados de alimentos, pois, do contrário, danificam a mucosa gastrointestinal.
Quando ingerimos ATB por um longo período de tempo é muito benéfico adicionar à dieta iogurte com lactobacillus para recuperar a flora intestinal.


Bom espero que tenha achei interessante e se você sabe de algum outro alimento que interaja com medicamentos, pode adicioná-lo com o seu comentário.
Saudações!!